Sonho Febril – George R. R. Martin

sonho_febril

Hoje em dia é impensável ouvir o nome de George R. R. Martin sem imediatamente o associar com livros de fantasia medieval recheados de reviravoltas e de personagens com moral ambígua, e este pensamento já está tão enraizado que pode tornar um pouco estranho para quem não está familiarizado com os outros trabalhos do autor saber que Martin já escreveu um livro sobre vampiros ambientado nos Estados Unidos em meados do século XIX.  Isso mesmo, vampiros. Continuar lendo

Drácula – Bram Stoker

Livros sobre vampiros já existiam antes, Drácula de Bram Stoker não foi o pioneiro, antes de mais nada há que se dizer isso, eles não apenas existiam nas lendas antigas que o autor se inspirou fortemente, sobretudo nas lendas do folclore do Leste europeu, para dar vida ao seu, com o perdão do trocadilho, imortal personagem. O livro publicado em 1897 se tornou a base para tudo o que viria a seguir sobre a criatura noturna, tornando o Conde Drácula um dos personagens mais famosos da literatura, e também em outras mídias, entrando para a cultura pop como o arquétipo do vampiro. Continuar lendo

Eu sou a lenda – Richard Matheson

eu-sou-a-lendaAntes de qualquer coisa, gostaria de pedir para os leitores dessa resenha que esqueçam o filme com o Will Smith (“I Am Legend ”, de 2007), caso possam ter algum preconceito com essa história baseando-se em uma opinião formada por terem apenas visto a sua adaptação mais famosa para o cinema (e bem fraca, diga-se de passagem), devo ir dizendo que há algumas mudanças significativas no enredo, que ao meu ver, tiram um pouco da graça dessa trama, aliás, é bom dizer também que essa adaptação não é a única, o livro já foi adaptado algumas vezes para as telonas. Mas se você for um dos que gostaram do filme há grandes chances de gostar ainda mais desse livro. Continuar lendo