Coração de Aço (Executores Vol.1) – Brandon Sanderson

CoraçãoDeAçoHistórias de super-heróis voltaram com tudo nos últimos anos. Antes relegados como um tipo de entretenimento menor, as narrativas envolvendo seres superpoderosos acabaram por conquistar outros públicos ao explorar temas mais complexos, e pouco a pouco os próprios quadrinhos romperam essa barreira da marginalização e conseguiram atingir um status de trabalhos artísticos relevantes, como uma poderosa forma de expressão tão válida e merecedora de apreço como qualquer outra. Ainda assim quadrinhos sempre foram algo de nicho. Continuar lendo

Anúncios

Carbono Alterado (Altered Carbon Vol.1) – Richard Morgan

Carbono_AlteradoHá cerca de um ano Altered Carbon estreava na Netflix. Baseada no livro de estreia do britânico Richard Morgan, a série era uma das grandes apostas da plataforma de streaming. Esteticamente competente e com conceitos sci-fi intrigantes o seriado é inicialmente interessante, mas perde o rumo em sua segunda metade e tudo o que era atrativo acaba sendo deixado de lado, dissipando-se em meio a escolhas narrativas duvidosas. Apesar dos pesares, o universo em si era bastante chamativo e como não raramente o material original é superior à adaptação eu fiquei suficientemente curioso em relação ao livro para conferir o quanto o seriado se desviou da proposta inicial do autor. Eu esperava que em sua mídia de origem essa história deveria ser boa, afinal de contas ela tinha tudo para ser muito boa. Pois bem, a minha decepção foi ainda maior dessa vez. Continuar lendo

Androides Sonham com Ovelhas Elétricas? – Philip K. Dick

 

androides_sonham_com_ovelhas_eletricasÀs vezes a vida nos apresenta algumas contradições, ambiguidades e ironias, mas isso parece ser uma constante para Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?”, aquela que provavelmente é a obra mais conhecida de Philip K. Dick, um dos mais influentes escritores de ficção científica de todos os tempos. Como pode algo ser tão conhecido, e ao mesmo tempo permanecer em certa obscuridade? Eclipsado pela icônica adaptação para os cinemas, ainda hoje a própria existência do livro causa surpresa a muita gente, surpresa intensificada ainda mais pelo o título não ser Blade Runner”, outro exemplo de como um ofuscou o outro. A própria versão cinematográfica, que viria mais tarde servir de base para toda a posterior estética cyberpunk e ser um dos mais importantes e aclamados filmes do gênero de todos os tempos, foi inicialmente um fracasso de público e crítica, só ganhando o status de clássico cult através das locadores de VHS. Isso sem falar na própria diferença da famigerada estética de luzes de neon e chuvas constantes, próprias do filme, em contraste com a desolação poeirenta dos cenários do livro.
Continuar lendo

Altered Carbon

Há alguns dias terminei de assistir a série original da NetflixAltered Carbon, baseada no livro homônimo de Richard K. Morgan, livro este que já estava na minha lista há tempos e que certamente ainda irei ler. A premissa me interessou muito, fora todo o investimento despendido e o hype que se criou entorno da série, tornando essa uma das grandes apostas da plataforma para esse ano, mas tudo que tem a capacidade de criar grandes expectativas também corre o risco de gerar grandes frustrações. Continuar lendo

Duna (Crônicas de Duna Vol. 1) – Frank Herbert

DunaDuna é um daqueles livros que é fácil de elogiar, mas um pouco difícil de escrever sobre. Vejam bem, a admiração por algo às vezes é uma barreira difícil de transpor. A grandiosidade intimida, te deixa receoso de não conseguir fazer jus a obra, de não exprimir em palavras todos os pormenores que tanto te maravilharam. Duna teve esse efeito em mim. Enfrentarei meu medo e tentarei colocar em palavras tudo aquilo que me fascinou nesse Universo criado por Frank Herbert, pois Duna é um livro que merece esse respeito, e merece ser mais reconhecido pelo grande público.   Continuar lendo

Matadouro 5 – Kurt Vonnegut

matadouro_5Matadouro 5 é a obra mais conhecida do americano Kurt Vonnegut, publicado originalmente em 1969. O livro é uma crítica direta ao sentimento de glorificação que há entorno da guerra, e carrega em si algo de semi-biográfico, já que o próprio autor usa do artifício de ser o narrador da história e de se colocar dentro dela em algumas situações, misturando a ficção com fatos que ele mesmo vivenciou, já que ele mesmo esteve na Segunda Guerra Mundial, sendo capturado por soldados alemães, e posteriormente acabou por presenciar, e obviamente sobreviver, ao bombardeio da cidade de Dresden pelos aliados. Continuar lendo

O Planeta dos Macacos – Pierre Boulle

o_planeta_dos_macacosO Planeta dos Macacos, romance do escritor francês Pierre Boulle publicado em 1963, talvez seja mais conhecido pela sua versão cinematográfica tamanha a notoriedade que o filme ganhou ao longo dos anos, tornando-se inclusive uma das mais icônicas obras da sétima arte, acho inclusive que a maioria das pessoas desconheça que o livro preceda o filme ou mesmo que exista o livro, exatamente por isso que tenho quase a obrigação de indicar esse excelente livro de ficção científica. Continuar lendo