A Espada Do Destino (A Saga Do Bruxo Geralt De Rívia – Vol. 2) – Andrzej Sapkowski

A_Espada_do_DestinoA Espada do Destino, bem como o volume antecessor, é uma coletânea de contos sobre o bruxo Geralt de Rívia publicados primeiramente na Fantastyka, uma revista polonesa de fantasia e ficção científica. Um fato curioso é que este livro foi originalmente publicado na Polônia antes de O Último Desejo, porém como cronologicamente esses contos se passam antes de A Espada do Destino, ele acabou por ser mais tarde publicado como o segundo livro da série do bruxo. É um pouco confuso, mas nada que atrapalhe a leitura, já que os contos apesar de seguirem uma ordem cronológica podem muito bem ser lidos aleatoriamente sem muito prejuízo para o entendimento da história de Geralt. Continuar lendo

Anúncios

A Lança do Deserto (Ciclo das Trevas Vol.2) – Peter V. Brett

E eis que faço as minhas proteções e retorno as terras de Thesa para encarar a Noite e lutar a Alagai’sharak nesse segundo volume de Ciclo das Trevas.

a_lanca_do_deserto

Após a batalha na Clareira do Lenhador boatos sobre o Protegido começam a se espalhar por todo o norte de Thesa e cada vez mais pessoas passam a acreditar o Salvador retornou para livrar o mundo dos terraítas, Continuar lendo

Jardins Da Lua (O Livro Malazano Dos Caídos Vol.1) – Steven Erikson

Escrito pelo canadense Steven Erikson, Jardins da Lua é o primeiro de 10 volumes da série “O Livro Malazano Dos Caídos” (Malazan Book Of The Fallen), publicados originalmente entre 1999 e 2011.

JardinsdaluaO intrincado mundo malazano de Erikson foi construído em partidas de RPG do autor junto com Ian C. Esslemont, co-criador desse universo que também escreveu alguns livros ambientados nesse cenário e que complementam a série principal. Isso por só já dá pra imaginar o quão rico, vasto e complexo é esse universo fantástico criado pelos dois autores em termos de história, atravessando eras e envolvendo toda uma miríade de personagens, onde na verdade o verdadeiro protagonista é o próprio mundo de Malaz. Mas, por ora, vamos nos ater a esse primeiro volume. Continuar lendo

República de Ladrões (Nobres Vigaristas Vol.3) – Scott Lynch

República_de_LadrõesOs Nobres Vigaristas já atuaram em quase todas as esferas possíveis do mundo da trapaça e da falcatrua. Já foram batedores de carteiras, estelionatários, apostadores trapaceiros, golpistas e até mesmo piratas, mas agora Locke Lamora e Jean Tannen se arriscam em uma empreitada por um lado mais dissimulado do campo da ladroagem e da arte da enganação e se aventuram na política! Continuar lendo

O Último Desejo (A Saga Do Bruxo Geralt De Rívia – Vol. 1) – Andrzej Sapkowski

Layout 1Fenômeno no Leste Europeu, a história do bruxo Geralt de Rívia rendeu adaptações para quadrinhos, cinema, televisão, mas foram mesmo os jogos que o tornaram conhecido no mundo todo e deram essa visibilidade maior para uma história de fantasia escrita por um autor que não é de um país anglófono, o que é muito difícil em termos de alcançar tamanho sucesso dentro do mercado internacional. Ainda que O Último Desejo seja taxado como o primeiro livro daSaga do Bruxo Geralt de Rívia”, ele é na verdade um apanhado de contos publicados inicialmente na revista polonesa de fantasia e ficção científica Fantastyka em meados dos anos 80 pelo autor Andrzej Sapkowski, sendo alguns desses contos também foram publicados em um segundo volume, A Espada do Destino, mas é apenas no terceiro volume, O Sangue dos Elfos, que temos o real início da saga, mas como esse é outro livro, também é um assunto para outro dia.

Continuar lendo

O Feiticeiro de Terramar (Ciclo Terramar Vol.1) – Ursula K. Le Guin

Terramar_Vol_1Gerar expectativas altas para qualquer coisa geralmente é um caminho que leva diretamente para a frustração. É inevitável que a ansiedade mal controlada gere algum tipo de idealização que reflete muito mais aquilo que você deseja que a obra seja do que aquilo que de fato ela se propõe a ser, e não raramente essa distorção que você mesmo acaba criando é um dos fatores que mais prejudica a sua experiência em relação a tal obra. Da mesma forma, tentar ter um olhar mais amplo, procurando entender a proposta do autor antes de julgar por algo subjetivo e pessoal, pode lhe fazer ter outra perspectiva mais positiva sobre alguma composição artística qualquer. Digo isso, pois O Feiticeiro de Terramar me frustrou quase da mesma maneira como me agradou. Continuar lendo

Mares de Sangue (Nobres Vigaristas Vol.2) – Scott Lynch

E eis que voltamos aos golpes e embustes de Locke Lamora e de seu comparsa Jean Tannen, e desta vez os Nobres Vigaristas apostam alto, içam velas e navegam por águas estranhas.

mares_de_sangue

Após os acontecimentos do livro anterior, quando Locke e Jean se tornaram “personae non gratae” em Camorr e se viram obrigados a abandonarem a cidade, a dupla de vigaristas decide que essa pequena inconveniência pode ser uma bela oportunidade para respirarem novos ares, conhecerem outros locais fascinantes, algumas pessoas interessantes e então roubá-los, e o alvo da dupla desta vez é a bela cidade de Tal Verrar, onde fica localizada a Agulha do Pecado, a mais famosa casa de tavolagem do mundo, onde ser pego roubando no jogo significava a morte, algo que para os nobres vigaristas soa mais como um irresistível desafio do que um severo aviso ao qual pessoas bem ajustadas e sensatas dariam ouvidos. Continuar lendo