Rebelde (As Crônicas de Starbuck Vol.1) – Bernard Cornwell

RebeldeBernard Cornwell é mais conhecido aqui no Brasil pelos seus livros ambientados na Idade Média, e sem sombra de dúvidas As Crônicas de Artur, As Crônicas Saxônicas e A Busca do Graal são as séries mais conhecidas do autor pelo público brasileiro. Curiosamente As Aventuras de Sharpe, a mais extensa delas, já passando de mais de 20 volumes, parece não ter o mesmo apelo, talvez justamente pelo intimidante número de publicações ou pelo fato de se passar durante as Guerras Napoleônicas, substituindo as espadas, machados e arcos por baionetas, rifles e canhões. Fato é que não é nem de longe esses livros ambientados na Idade Contemporânea estejam tão vinculados com a imagem do autor aqui no Brasil quanto suas outras obras, muito embora o desespero dos campos bombardeados por peças de artilharia, o caos das saraivadas de tiros e a coragem necessária para permanecer firme durante essas cruéis e viscerais batalhas combinem perfeitamente com o estilo do autor britânico.

E se Sharpe já é um pouco esquecido, As Crônicas de Starbuck, série cujo cenário é a Guerra de Secessão americana, é praticamente desconhecida. Continuar lendo

Anúncios

1356 – Bernard Cornwell

1356Bernard Cornwell é um nome fácil nas recomendações dos leitores de ficção histórica. Mestre em narrativas militares, especialmente pelas descrições dos caóticos e intensos combates que facilmente ganham vida na imaginação do leitor. O autor faz por merecer sua fama, dificilmente você encontra outros que consigam captar tão bem quanto ele a atmosfera de desespero e êxtase de um campo de batalha, mas às vezes nem isso basta… Continuar lendo

Azincourt – Bernard Cornwell

Azincourt ou Agincourt, como os ingleses chamam, foi uma batalha ocorrida na Idade Média, mais precisamente em 25 de outubro de 1415 (dia de São Crispim), fazendo parte da famosa Guerra dos 100 anos. Foi uma das batalhas que os ingleses mais se orgulham, afinal eles deram uma surra nos franceses, e foi uma vitória improvável devido à superioridade numérica dos inimigos e pelas dificuldades enfrentadas pelos famintos e cansados soldados ingleses, mas principalmente porque a esmagadora vitória foi contra os franceses.  É praticamente o 7×1 dos deles contra os seus “rivais”, algo que pode ser comparado de leve com a rivalidade entre os brasileiros e os argentinos, porém entre os europeus é até maior devido aos constantes conflitos que ambos tiveram ao longo dos anos. Dito isto de introdução, vamos ao livro em si. Continuar lendo

O Forte – Bernard Cornwell

o_forteO Forte é um dos “livros avulsos” do britânico Bernard Cornwell, bem mais conhecido pelas suas séries mais longas como “As crônicas de Arthur”, “A busca do Graal” e “As crônicas saxônicas”, muito amadas e, até não exagerando, idolatradas aqui no Brasil. Mas nesse livro, assim como nos livros da série “As aventuras de Sharpe”, troca-se o arco, os machados e as espadas pelos canhões, rifles e mosquetes, embora vejamos novamente os ingleses como os protagonistas, porém desta vez em batalhas contra os americanos. Continuar lendo