O Sangue Dos Elfos (A Saga Do Bruxo Geralt De Rívia – Vol. 3) – Andrzej Sapkowski

O_sangue_dos_elfosApós o massacre de Cintra a princesa Cirilla, última descendente da linhagem real do reino, é dada como desaparecida por alguns e morta por outros, no entanto, de alguma forma a menina consegue sobreviver e o destino mais uma vez une ela a Geralt de Rívia, que se torna o protetor da garota. Geralt a leva a Kaer Morhen, a sede dos bruxos, onde os últimos remanescentes da ordem ensinam o que sabem a menina enquanto a protegem e a escondem do mundo. O paradeiro de Cirilla é objeto de interesse de várias pessoas poderosas, seja pelo seu poder como a “Criança de Sangue Antigo”, ou pelo seu valor político como herdeira do trono de Cintra. Entrementes, nos Reinos do Norte os conflitos raciais se intensificam e elfos e anões se juntam formando grupos de guerrilha, os Scoia’tael, que atacam grupos de humanos em emboscadas, aparentemente incitados por agentes de Nilfgaard.

Enquanto tenta se manter neutro nos conflitos que eclodem por todo Norte e das tramas políticas que se aparentam apontar para o fim do armistício entre os Reinos do Norte e Nilfgaard, Geralt deve manter Ciri segura, tanto dos espiões e assassinos que a ameaçam, quanto dos próprios poderes misteriosos da garota.

The_Witcher_3O Sangue dos Elfos marca uma mudança fundamental em relação aos volumes anteriores, ambos compilações de contos previamente publicados pelo autor Andrzej Sapkowski em uma revista polonesa de fantasia e ficção. Desta vez o livro passa a ter capítulos sequenciais, sendo de fato o início da “Saga do Bruxo Geralt de Rívia”, uma mudança que é nitidamente sentida, mas que também apresenta alguma reminiscência do estilo dos antecessores no formato da narrativa.

Quem gostou da variedade proporcionada pelos contos poderá sentir falta do dinamismo que eles apresentavam ao oferecer a oportunidade de explorar assuntos bem diferentes em um mesmo volume, não deixando a história estacionar em um mesmo ponto, temática ou um mesmo tom, neste ponto O Sangue dos Elfos é um livro que segue um ritmo bem muito mais lento do que os anteriores, e pode também decepcionar os leitores que esperavam uma participação mais ativa do bruxo Geralt de Rívia, já que desta vez a história fica centrada em Ciri, sobretudo no treinamento da menina, do que no “Lobo Branco” desempenhando seu trabalho de bruxo, que é deixado um pouco de lado para protegê-la. A história também se desdobra ao explorar mais as tramas políticas envolvendo Nilfgaard e os Reinos do Norte, como o agravamento da crise causada pela invasão nilfgaardiana que ameaça eclodir em novas batalhas, além da tensão racial entre os humanos e os Comandos Scoia’tael.

Muito embora os capítulos não possuam a diversidade proporcionada pelos contos, ficando mais presos a esses aspectos, os diálogos entre os personagens abrem espaço para explorar as questões sempre presentes no universo de Sapkowski, transportando temas atuais para esse cenário de fantasia mais soturno e sujo, inclusive citando pogroms para não-humanos. Esses atritos raciais presentes na história lembram bastante a própria história recente do próprio Leste Europeu, com diversos conflitos motivados por questões étnicas com disputas territoriais.

Apesar de não ser necessário ler os livros anteriores, eu recomendaria a leitura de ambos, tanto pela qualidade deles quanto para entender melhor o mundo, os personagens e suas motivações. Perde-se muito sem esse plano de fundo, a exemplo da relação complicada de Yennefer e Geralt. O livro é bem morno se comparado aos anteriores, e não chega ter um clímax, na verdade nem o final deixa aquele gancho que te faz aguardar ansiosamente pelo próximo volume, ainda assim O Sangue dos Elfos é um bom livro e agrada muito mais do que poderia causar de descontentamento. Se não há uma ansiedade mais aguda pelo quarto volume há curiosidade e grandes expectativas por uma história que promete ser ainda melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s