A Águia Da Nona – Rosemary Sutcliff

A_Águia_da_NonaCerto dia me deparei com o filme A Legião Perdida/A Águia da Legião Perdida (The Eagle, no original) de 2011, e como fã de qualquer coisa que tenha o exército romano, a própria Roma Antiga ou batalhas épicas,  logo fui assisti-lo com muita expectativa e confesso que acabei gostando bastante, não é nada de excepcional, mas as cenas de luta são bem feitas e é um filme bem divertido de se ver. Após assisti-lo, fiquei sabendo que era inspirado em um livro chamado “A Águia da Nona”, escrito pela britânica Rosemary Sutcliff, e quando o vi em uma livraria comprei-o como se nunca mais fosse o ver novamente. Não sou lá tomado por impulsos na hora de comprar qualquer coisa, mas a temática e o filme já foram motivos mais do que suficientes para tê-lo. Continuar lendo

Anúncios

O Lobo das Planícies ( O Conquistador Vol.1) – Conn Iggulden

 

O Lobo Das PlaO-Lobo-das-Planiciesnícies é o primeiro livro da série “O Conquistador” escrita pelo britânico Conn Iggulden, iniciando a saga de cinco volumes sobre o império mongol, e destes cinco os três primeiros são focados no mais famoso desse povo, Gêngis Khan. Já conhecia o autor pela fantástica série “O Imperador”, que é focada em Júlio César, e a premissa de uma nova série baseada em outra figura histórica poderosa, que pôs boa parte do mundo aos seus pés e que travou sangrentas e épicas batalhas usando de diversas estratégias brilhantes e absorvendo as tecnologias dos inimigos, logo me prendeu de tal modo que era quase uma necessidade ler esse livro. Continuar lendo

Devoradores de Mortos – Michael Crichton

devoradores_de_mortosEscrito por Michael Crichton, famoso escritor e produtor americano, muito conhecido por ter escrito O Parque dos Dinossauros, O Mundo Perdido, Congo, Esfera, Linha do Tempo e O Enigma de Andrômeda, que assim como Devoradores de Mortos foram todos adaptados para o cinema, e sim, os dois primeiros livros dessa lista são os dois primeiros filmes da franquia Jurassic Park, ambos dirigidos por Steven Spielberg. A versão cinematográfica de Devoradores de Mortos ganhou outro nome, O 13º Guerreiro, com o Antônio Bandeiras no papel principal, e apesar de muita gente não gostar do filme, que foi um fracasso nas bilheterias, confesso que gosto dele, eu realmente acho um filme divertido e foi o principal motivo de ter lido esse livro. Continuar lendo