O cavaleiro dos sete reinos – George R.R. Martin

cavaleiroBem diferente da série de livros da qual esse spin-off se origina, já vou logo dizendo. É mais heroico, mais “branco e preto”, assim como as canções que geralmente são citadas nos livros sobre esses feitos do passado. É também mais simples, sem tantos personagens, casas e intrigas, mas isso não é nenhum demérito desse livro, acho até que é um grande ponto positivo. Por ser tão direto, menor e mais leve, creio que algumas pessoas possam até gostar mais desse  livro do que das Crônicas de gelo e fogo, dependendo do gosto pessoal, obviamente, e pra quem já gosta da série principal é quase certo que também irá gostar desse livro.

O livro em si é divido em três contos que retratam as aventuras de dois personagens em suas andanças por Westeros, o cavaleiro Sor Duncan, o Alto e seu escudeiro Egg, um garoto que esconde a sua verdadeira identidade de sua linhagem nobre, o seu nome real é Aegon Targaryen. Os três contos são: O cavaleiro andante, “A espada juramentada” e “O cavaleiro misterioso”, que foram originalmente publicadas em anos diferentes (1998, 2003 e 2010 respectivamente). É realmente bom poder entrar mais nesse universo que o George R. R. Martin criou, dá uma sensação de credibilidade, é fácil demais acreditar que esse continente realmente existe de tão vivida que a História dos sete reinos parece. Pontos positivos para a construção como um todo dos personagens e de Westeros. Falando em personagens é impossível não se encantar com a nobreza de Sor Duncan, o Alto, que apesar do nascimento plebeu é mais nobre que muitos dos cavaleiros, e sua amizade com Egg, que certamente acaba aprendendo muito com ele em suas viagens, adquirindo uma visão mais próxima do povo e da verdadeira face das pessoas, já que não desconfiam de seu nascimento nobre.

Em “O cavaleiro andante” vemos Dunk tornar-se um cavaleiro e decidindo participar de um torneio. No meio do caminho conhece um garoto que queria ser seu escudeiro e que acabaria por mudar a sua vida, e também a história de Westeros. Já “A espada juramentada” foca em uma disputa territorial entre dois senhores feudais, e com esse conto dá pra se ter noção dos pequenos senhores de terra, fugindo um pouco da imponência das grandes casas e dos seus grandiosos problemas que são vistos na série principal, aqui o que chama a atenção é a pequena nobreza, os vassalos, e a vida que eles levam, além do trabalho freelancer do Dunk como cavaleiro andante. Em “O cavaleiro misterioso” fecha essa primeira leva de contos com chave de ouro, adicionando mais um pouco sobre um personagem bem misterioso que aparece nas Crônicas de gelo e fogo, além de ter um toque especial com mais uma das profecias que enchem Westeros de uma vida própria e a cabeça dos fãs de teorias.

É um mergulho na História de Westeros cujo único defeito é querer acompanhar ainda mais as aventuras de Duncan e Egg e querer ir ainda mais fundo nesse universo, querendo saber ainda mais sobre personagens e acontecimentos comentados nas Crônicas de Gelo e Fogo, como o Corvo de Sangue, e a Rebelião Blackfyre.

Bem, esse livro não é igual as CDGEF, não possui aquele clima de conspiração e do temor do seu personagem favorito morrer na próxima página. Não existem tantas surpresas e plot twists, não existem centenas de personagens e núcleos diferentes, e os personagens que ali estão não são “cinzas”, mas isso não significa em nenhum momento que o livro é ruim, ou mesmo inferior, mas diferente, com suas próprias qualidades e claramente bem escrito e com personagens cativantes, apesar de destoarem muito daqueles que estamos acostumados com os livros anteriores. Pode parecer um pouco repetitivo, como a questão dos julgamentos por combate, mas como são bem feitos não cansam o leitor e não provocam um sentimento de mesmice.

Mais simples, mais nobre, mais fácil. Pra quem não conhece ou não tenha gostado dos livros pelo seu tamanho, sua complexidade e seu clima, é uma boa dica, e pra quem já gosta é certo que gostem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s