Resenha : O Poder da Espada – Joe Abercrombie

opoderdaespada (557x800)Escrito pelo britânico Joe Abercrombie, esse livro realmente me surpreendeu muito, e o que é melhor, me surpreendeu positivamente, primeiro por me fazer acreditar naquela velha frase “Não julgue um livro pela sua capa”. Se eu não tivesse ouvido críticas positivas a respeito dele eu não o teria comprado, a primeira capa é muito fraca, especialmente pelo conteúdo que encerra, mas já concertaram esse pequeno “deslize” e fizeram uma capa mais elaborada e mais atrativa para chamar a atenção de quem costuma comprar pelo impulso. O nome aqui no Brasil também é meio clichê, originalmente se chama The blade itself, o que tem relação com uma pequena citação de Homero que há no início do livro, “A própria espada instiga atos de violência”, mas o conteúdo é o que conta e nisso ele se sai muito bem. Vale lembrar que esse é o primeiro volume da trilogia “A Primeira Lei”, seguido pelos livros “Antes da Forca” e “O Duelo dos Reis“.

São histórias paralelas na perspectiva principalmente dos 3 personagens que podemos considerar os principais dessa história (Jezal, Glokta e Logen), mas que eventualmente aparece um ou outro capítulo na visão de um outro personagem secundário. Essas histórias e os personagens acabam por se juntar no final, o porquê disso obviamente não irei contar para não tirar a graça da história, mas tudo tem envolvimento com Bayaz, o primeiro dos magos, que foge muito daquele estereótipo do mago sábio e tranquilo, o que realmente coloca ele como uma das figuras mais misteriosas do livro e um dos melhores personagens, na minha humilde opinião.

Bem, aqui cabe uma pequena descrição desses 3 personagens, que são um tanto quanto “cinzas”, não sendo aqueles heróis nobres, nem vilões malignos, aproximando-se mais dessa tendência que tem sido apresentado nas obras de fantasia moderna, com um tom mais sombrio e ao mesmo tempo personagens mais reais, acho que apresentando-os tem-se uma melhor ideia do que a história pode oferecer. Bem, vamos a eles então:

Jezal dan Luthar– Jovem esgrimista de sangue nobre, hedonista, egoísta, narcisista, arrogante, esnobe e capitão do “Próprio do rei”, que é uma espécie de guarda de elite. Tem uma vida fácil e busca uma vida mais fácil ainda se vencer o torneio de esgrima do reino, que lhe garantiria um título confortável, embora faça isso mais pela aprovação do pai e para dar um pouco de inveja aos seus irmãos.

Sand dan Glokta– Inquisidor amargo, um torturador que conhece bem os caminhos da dor, já que passou 2 anos preso sendo torturado após ser capturado em uma guerra. De volta ao seu lar ele ainda continua sofrendo pelas sequelas desses anos de tortura, fazendo que sua vida seja uma agonia sem fim, até mesmo nos menores atos como subir escadas. Na juventude ele era um dos melhores esgrimistas do reino e tinha um futuro promissor, mas essa vida foi roubada dele e agora junto com os práticos Frost e Severard obtém as respostas e confissões que deseja de seus prisioneiros.

Logen Nove Dedos, conhecido como “Nove Sangrento“- Um “bárbaro” do Norte marcado por uma vida de lutas e batalhas sangrentas, estampadas nele pelas inúmeras cicatrizes que cobrem seu corpo. Com sua família morta, e depois de quase morrer em um ataque de algumas criaturas conhecidas como “shankas“. Presumindo que seus amigos também estariam “de volta à lama” depois do ataque, ele decide abandonar essa vida de matanças e ir para um outro local onde não tenha tantos inimigos quanto os que ele tem terra natal que adorariam findar com sua vida. Possuí a rara habilidade de se comunicar os espíritos e é por eles que fica sabendo que um misterioso e famoso mago está a sua procura, e acaba se juntando com o tal mago, Bayaz, achando que seria interessante encontrar com tal homem, e que isso lhe daria pelo menos algum objetivo, já que tudo o que ele conhecia estava destruído.

O livro em si é muito bem escrito, realmente faz com que você queira descobrir o que vai acontecer na próxima página, ponto positivo para essa imersão que é muito importante nos livros, sobretudo dos de fantasia. Os personagens e suas motivações são bem construídos, você os acaba conhecendo em poucas linhas e vai entendendo-os melhor a cada capítulo, o que torna mais fácil a empatia pelos personagens. O clima de aventura e mistério (principalmente em relação ao Mestre Artífice) é bem passado nas linhas que compõem essa história, assim como os cenários criados. Outro ponto positivo são as cenas de luta, bem feitas e trabalhadas na medida certa, com a brutalidade que as lutas devem ter e que se espera dos personagens, nesse ponto o autor realmente se sobressai.

Apenas como um aviso e acho que se faz relevante nessa análise é um fato que tem se tornado bem comum em livros de fantasia no Brasil, o nome de George R.R. Martin que tentam de alguma forma ligar a obra. Não gosto da maneira como os editores dos livros atuais fazem ao tentar associar qualquer livro de fantasia com o George R.R. Martin, seja colocando opiniões dele sobre o livro, sobre que determinado livro geralmente é muito bem visto pelos fãs das Crônicas de gelo e fogo, ou qualquer outra forma de associação, claro que entendo o marketing por trás disso, mas isso pode prejudicar a obra por fazer dela algo que ela de fato não é, mudando a percepção do conteúdo e criando uma expectativa que pode cegar para uma boa história que é contada de forma bem diferente, mas igualmente divertida. Não leiam com esses olhos e certamente vão gostar bastante desse livro.


Trilogia “A Primeira Lei”:

O Poder da Espada

Antes da Forca

O Duelo dos Reis

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha : O Poder da Espada – Joe Abercrombie

  1. Pingback: Resenha : Antes da Forca – Joe Abercrombie | Foco de Resistência

  2. Pingback: Resenha : O Duelo dos Reis – Joe Abercrombie | Foco de Resistência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s